Ao se negar a fazer sexo com marido, mulher é espancada a socos e arrastada pelos cabelos

Homem ainda agrediu a sogra cadeirante com socos

| MIDIAMAX


(Ilustrativa)

Foi preso em flagrante na noite deste domingo (19), um rapaz de 19 anos, que agrediu com socos e puxões de cabelo a esposa de 26 anos e seus sogros, na cidade de Aparecida do Taboado a 457 quilômetros de Campo Grande. 

A vítima contou que o marido havia saído cedo para buscar um cavalo que tinha ganhado de presente voltando no fim da tarde. Quando ele chegou teria proposto para a esposa fazer sexo, mas ele se negou e nesse momento, o autor ficou violento quebrando as portas e vidros da casa.

 O padrasto da vítima acabou ferido por estilhaços dos vidros quebrados da porta. O rapaz ainda agrediu a esposa com socos e puxões de cabelo, como também desferiu socos na sogra, que é cadeirante. A polícia foi acionada e o homem preso em flagrante. O casal está junto há dois anos. 

Peça ajuda!

Existem dois números para contato: 180, que garante o anonimato de quem liga, e o 190. Importante lembrar que a Central de Atendimento à Mulher – 180 -, é um canal de atendimento telefônico, com foco no acolhimento, na orientação e no encaminhamento para os diversos serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em todo o Brasil, mas não serve para emergências.

As ligações para o número 180 podem ser feitas por telefone móvel ou fixo, particular ou público. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados, já que a violência contra a mulher no Brasil é um problema sério no país.