Trabalhadores da cultura de MS já podem se inscrever para receber auxílio de R$ 1.800

Estão abertas as inscrições do programa de auxílio financeiro 'MS Cultura Cidadã'

| MIDIAMAX


Confira os requisitos para receber o dinheiro - (Foto: Divulgação)

Começam, nesta segunda-feira (30), as inscrições do programa 'MS Cultura Cidadã' para trabalhadores da cultura de Mato Grosso do Sul. Os profissionais inscritos e selecionados terão acesso ao auxílio financeiro de R$ 1.800, que será depositado em três parcelas iguais e sucessivas de R$ 600. As inscrições poderão ser feitas no período de 30 de agosto a 13 de setembro, no site www.mapacultural.ms.gov.br.

Com as atividades culturais suspensas por Lei, a maioria dos trabalhadores e trabalhadoras da cultura foi obrigada a lidar com sérias restrições econômicas.

Na esteira dos auxílios emergenciais anteriores, mais uma vez a categoria poderá contar com novos benefícios. O programa “MS Cultura Cidadã' vai possibilitar que contadores de histórias, produtores, técnicos, curadores, oficineiros, professores de escolas de artes e capoeira, designers de moda, dentre outros profissionais da cultura estadual, tenham acesso ao auxílio.

O valor estimado do investimento de apoio financeiro emergencial totaliza R$ 3.230.000,00, custeado pelo Tesouro Estadual e cerca de 1.800 trabalhadores poderão ser beneficiados com estes recursos.

De acordo com a Lei, o beneficiário precisa ter participado da cadeia produtiva dos segmentos artísticos e culturais do Estado nos últimos 24 meses anteriores à edição do Decreto Estadual n° 15.396, de 2020, quando foi declarada situação de emergência em Mato Grosso do Sul em razão da pandemia.

O trabalhador da cultura não poderá ter emprego formal ativo em empresas privadas, não pode ter cargo, emprego ou funções públicas e não pode ser titular de benefício previdenciário e nem estar recebendo seguro-desemprego.

A comprovação da adequação às condições se dará pela verificação de informações cadastrais e registrais nos bancos de dados dos órgãos oficiais pela análise de documentos, pessoas e de registros apresentados pelo interessado.