Mulher é morta a facadas após denunciar homem suspeito de estuprar sua filha em MS

De acordo com polícia, filho do suspeito pelo estupro é o responsável pelo crime. Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu na Santa Casa de Corumbá.

| G1MS E TV MORENA


Uma mulher morreu nessa segunda-feira (12) depois de ser esfaqueada e a motivação do crime seria vingança. Ela teria sido morta depois de ter denunciado o homem suspeito de estuprar sua filha, em Corumbá, região do Pantanal de Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia, o autor do crime, identificado como Luciano de Oliveira Pinto, está foragido. Ele é filho do homem suspeito de estuprar a filha da vítima. A menor tem menos de 10 anos de idade.

Conforme a ocorrência policial, o crime aconteceu no último sábado (10). A mulher que foi socorrida e encaminhada para o hospital, levou dez facadas e por conta da gravidade dos ferimentos, acabou não resistindo.

De acordo com a polícia, esse homicídio não se enquadrará como feminicídio. O nome da vítima não foi revelado para resguardar a identidade da criança.