Pais de criança de 4 anos, morta por assassino cruel, decidem doar órgãos em MS

Menina teve morte encefálica

| DIARIO MS


A menina Beatriz dos Santos, 4 anos, não resistiu ao tiro na cabeça que sofreu domingo (12), em Dourados - Divulgação

 A menina Beatriz dos Santos, 4 anos, não resistiu ao tiro na cabeça que sofreu domingo (12), em Dourados, e teve morte encefálica anunciada nesta quarta-feira (15) pelo Hospital Universitário, onde foi internada em estado crítico. Ela é uma das vítimas do ataque de Rosemir Fernandes, 52 anos.

Os pais da menina decidiram doar seus órgãos. O corpo de Beatriz continua na UTI do Hospital Universitário, sendo mantido por aparelhos.

No período da tarde de ontem, foram feitos os procedimentos que possam propiciar que órgãos da menina sirvam para salvar outras vidas. Foi coletado material para a realização de exames clínicos, inclusive do novo coronavírus.

Os órgãos serão disponibilizados para a Central de Transplante Nacional. Diversas pessoas se emocionaram quando os pais de Beatriz anunciaram a vontade de doação de órgãos. As informações são do portal Diário do MS