Róger Guedes na mira do Atlético-MG: janela internacional fecha quinta, mas será avaliada pela Fifa

Prazo da primeira janela de transferências do Brasil deve sofrer alteração diante da COVID-19; CBF aguarda chamada da Fifa para informar providências; nova janela está marcada para julho

| GLOBOESPORTE.COM / FREDERICO RIBEIRO


O mercado de transferências no futebol mundial está perto de zero movimentação diante da COVID-19, o que não significa dizer que não haja negociações ocorrendo. No caso do Atlético-MG, o interesse em Róger Guedes segue vivo, mas deve ser "congelado" por alguns meses. Tudo depende, entretanto, de uma orientação da CBF, via Fifa. Fato é que a janela internacional para entradas no Brasil se encerra nesta quinta-feira, à meia-noite.

+ Notícias do Atlético-MG

Este prazo final, por outro lado, pode ser modificado diante de um cenário totalmente indefinido de tomadas de decisões no futebol. Não há data para a volta de jogos e treinos das equipes da elite. Em contato com o GloboEsporte.com, a CBF informou que a Fifa realizará um "call" mundial para as confederações nacionais com novas orientações a respeito, por exemplo, das janelas de transferência. Há chance, com isso, de a Fifa ampliar o prazo para compensar os efeitos do coronavírus.

- Haverá uma nova realidade, mas essa data só será trabalhada e anunciada quando a situação atual de pandemia mundial controlada - respondeu a assessoria de imprensa da entidade máxima do futebol nacional.

Em contato com representantes de alguns clubes, a reportagem colheu a informação também de um cenário de espera por decisão oficial da Fifa, mas que o trabalho é feito com o prazo da janela se encerrando às 23h59 de quarta-feira.

Se isso de fato acontecer, o Atlético-MG só poderá registrar Róger Guedes, em caso de confirmação da contratação, em julho. Um cenário que, em tempos de torneios e treinos suspensos, não é alarmante para o Galo. Dificilmente o clube contrataria um nome deste peso em um momento no qual a folha salarial dos jogadores foi reduzida em 25%.

Daqui três meses, a janela internacional do Brasil reabre para um período de compras, empréstimos e registros de jogadores do exterior de 30 dias. Além de Róger Guedes, o Atlético tem outros nomes internacionais na mira, em lista pedida pelo técnico Jorge Sampaoli.

Conheça os novos planos e faça o seu.