Com 21 mortes, casos de dengue em MS passam dos 40 mil em três meses

Segundo a Secretaria de Saúde de MS, a vítima mais jovem é um menino de 9 anos de idade. Por conta da doença, a prefeitura de Campo Grande decretou emergência.

| G1 MS


Já são 21 mortes por dengue nos três primeiros meses em Mato Grosso Sul e 40.215 casos notificados, de acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nesta quarta-feira (1º).

Ainda de acordo com o boletim epidemiológico, quatro das vítimas são de Campo Grande, três da cidade de Corumbá, duas de Chapadão do Sul e mais 12 cidades, cada uma deles, registraram um óbito.

Conforme a SES, a vítima mais nova é um menino de Campo Grande, com 9 anos de idade. A mais velha, uma mulher de 92 anos de Aquidauana. Por conta da dengue, a prefeitura de Campo Grande, decretou emergência no dia 2 de março.

Segundo o Município, o decreto facilitará a aquisição de bens necessários às atividades de resposta à epidemia e prestação de serviços, dispensando a necessidade de licitação, sem prejuízos a lei de responsabilidade fiscal, tendo assim um resultado mais rápido no combate à doença.