Homem que morreu em perseguição tinha 42 anos e traficava 335 quilos de droga

Marcos Leandro de Freitas, de 42 anos, furou um bloqueio policial na rodovia

| CAMPO GRANDE NEWS / ADRIANO FERNANDES E HELIO DE FREITAS


Fardos de maconha encontrados no porta-malas do veículo. (Foto: Divulgação/PRF)

Foi identificado como Marcos Leandro de Freitas, de 42 anos, o homem que morreu durante perseguição da PRF (Polícia Rodoviária Federal), no começo desta noite (06) na BR-463, entre Ponta Porã e Dourados.

Marcos conduzia um veículo Jeta, roubado em setembro em Brasília e que estava carregado com 335 quilos de maconha, conforme o site MS em Foco. A droga estava dividida em fardos, encontrados no porta-malas do veículo.

Ele perdeu o controle da direção enquanto era perseguido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), depois de ter furado um bloqueio policial na região.  O carro ficou completamente destruído. Além da PRF a perícia da Polícia Civil este no local e, após os levantamentos encaminhou o corpo para o IML (Instituto Médico de Odontologia Legal) da cidade.