Assembleia deve acionar Câmara e Justiça após ofensas de Trutis a deputados de MS

Por Marco Eusébio

| CAPITAL NEWS/DA COLUNA ENTRELINHAS DA NOTíCIA ARTIGO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR


Luciana Nassar/ALMS

Evander Vendramini, Neno Razuk e João Henrique decidiram hoje retirar apoio à CPI proposta por Contar

Um dia depois de o deputado federal Loester Trutis (PSL) postar vídeo no Facebook chamando de 'bundas-moles' deputados estaduais que não assinaram pedido da CPI da Energia proposto pelo deputado Capitão Contar (PSL), os parlamentares estaduais suspenderam a sessão de ontem da Assembleia para discutir o assunto. 'O presidente Paulo Corrêa deve adotar uma medida judicial e uma representação na Câmara Federal' disse ao Blog o deputado Pedro Kemp (PT) após a reunião. Três dos seis parlamentaras que haviam assinado o pedido de Contar retiraram hoje as assinaturas: Evander Vendramini (Progressistas), Neno Razuk (PTB) e João Henrique Catan (PL). O deputado Felipe Orro (PSDB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor, afirmou que os parlamentares vão buscar um fato concreto para pedir a abertura de uma possível CPI contra a Energisa. Veja o vídeo de Trutis.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE