Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
11 de Abril de 2018 às 16h45min
Presidente do TJD-SP diz que Palmeiras deve taxa e pode barrar pedido de impugnação; clube rebate
Antonio Olim afirma que Verdão não depositou emolumentos de R$ 9 mil, como previsto no Código de Justiça Desportiva; nota questiona alegação
Globo Esporte
 
De acordo com o presidente do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) de São Paulo, Antonio Olim, o pedido feito pelo Palmeiras para impugnação da final do Paulista contra o Corinthians pode ser indeferido pelo fato de o clube alviverde não ter pago uma taxa de R$ 9 mil à Federação Paulista de Futebol.
 
No fim da tarde, por meio de nota oficial, o Palmeiras rebateu a alegação de Olim e fez questionamento direto à Federação Paulista de Futebol:
 
– Existe interesse e coragem para se buscar a verdade real sobre os fatos ou tentarão utilizar de subterfúgios processuais (como foi feito em inúmeros casos precedentes no futebol brasileiro) para justificar o engavetamento do problema? – diz trecho da publicação.
 
A obrigatoriedade consta no artigo 84 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), o que trata de pedidos de impugnação. Além do pagamento de “emolumentos”, o requerente, o Palmeiras, no caso, deveria entregar também provas das supostas irregularidades.
 
Segundo Olim, o clube anexou apenas uma procuração aos documentos enviados ao Tribunal na última terça-feira.
 
– O artigo 84 pede a juntada de documentos, de todas as provas. Eles só juntaram uma procuração. E tem o pagamento de emolumentos à Federação, que deveria ter sido feito ontem (terça), aqui não foi feito. Só isso já dá indeferimento. Vamos em cima da lei, em cima do que o código pede, e vamos usar a maior clareza e transparência – afirmou o presidente do TJD.
 

 

 
 
Antonio Olim, presidente do TJD paulista (Foto: Tossiro Neto)
 
Questionado após as declarações ao repórter Renato Peters, Olim também afirmou que não há mais tempo para que o Palmeiras pague essa taxa. O artigo seguinte, o 85, dá prazo de até dois dias após a entrega da súmula do jogo – no caso, o domingo à noite – para que o pedido de impugnação seja protocolado.
 
Apesar disso, o inquérito para investigar o episódio será instaurado. O Palmeiras acusa o grupo de arbitragem de ter recebido uma informação externa para cancelar o pênalti marcado a favor do time – um lance de dividida entre Ralf e Dudu.
 
A primeira marcação do árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza foi de falta. Mas, após ouvir o quarto árbitro, Adriano Miranda, ele voltou atrás e deu apenas escanteio.
 
O Palmeiras, em vídeo divulgado na última terça, diz ter “provas” de que o diretor de arbitragem da federação, Dionísio Roberto Domingos, teve contato irregular com os membros da arbitragem durante a confusão que se formou entre a marcação do pênalti e decisão final que cancelou a falta.
 
Nesta quarta, a Federação Paulista divulgou nota em que afirma que Domingos tinha legitimidade para permanecer no entorno do gramado e que ele não teve qualquer influência na decisão.
 
A reportagem procurou o departamento jurídico do Palmeiras, mas o clube ainda não se manifestou.
 
Veja a nota oficial do Palmeiras:
 
"Em relação à reportagem veiculada nesta quarta-feira (11) no site globoesporte.com contendo declarações do presidente do TJD-SP, Dr. Antonio Olim, esclarecemos que apresentamos pedido de instauração de inquérito (Art. 81), o qual não exige recolhimento prévio de custas e que, inclusive, o Dr. Olim já afirmou às redes de televisão que entendia ser o caso. Ao final do inquérito, o Palmeiras terá a prerrogativa ou não de requerer a impugnação.
 
De qualquer forma, o Palmeiras faz o seguinte questionamento direto à FPF: existe interesse e coragem para se buscar a verdade real sobre os fatos ou tentarão utilizar de subterfúgios processuais (como foi feito em inúmeros casos precedentes no futebol brasileiro) para justificar o engavetamento do problema?"

 


 
Notícias Recentes
Tite convoca Seleção com Paquetá, Pedro, Dedé e Everton para amistosos
Palmeiras vence o Bahia e chega a seis jogos sem sofrer gols e mira marca de 1992
Análise: Palmeiras sofre pouco, controla Cerro e ganha estilo copeiro com Felipão
Corinthians perde para o Colo Colo no Chile mas Loss elogia atuação com um jogador a menos e vê possibilidades de avançar na Libertadores
Trio decisivo, maturidade, foco: a sintonia do Cruzeiro para vencer o Flamengo
Corinthians lidera ranking dos clubes mais valiosos das Américas
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet