Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
06 de Janeiro de 2018 às 09h12min
Novas regras do MEI começam a valer: entenda o que mudou
Empreendimento com faturamento até R$ 81 mil anuais passam a ser aceitos sob o regime de tributação simplificada
Agência Brasil

Mais de 7,7 milhões de empreendedores estão inscritos no programa. (Foto: Arquivo/Agência Brasil)


Assim, empreendedores que faziam parte do Simples Nacional podem optar pelo MEI, que cobra tributos menores dos contribuintes. A medida também beneficia quem ultrapassou o teto antigo em até 20% (R$ 72 mil). Para regularizar a situação, esses empresários devem pagar uma taxa variável à Receita Federal.Começaram a valer neste início de ano as novas regras para quem se enquadra no regime de Microempreendedor Individual (MEI). Por isso, os empresários devem ficar atentos às mudanças. O limite de faturamento aumentou de R$ 60 mil para R$ 81 mil. Isso significa que mais pessoas poderão se beneficiar do MEI.

Desse modo, os ganhos mensais do MEI devem chegar em média a R$ 6.750. Além das alterações quanto ao faturamento, o MEI passa a admitir novas categorias, como apicultores; locadores de bicicletas, equipamentos esportivos, motos e videogames; além de prestadores de serviços de poda, semeadura e roçagem.

As mudanças, no entanto, desenquadram outras atividades do MEI. É o caso de personal trainers, arquivistas de documentos, contadores e técnicos contábeis. Até dezembro do ano passado, 7,7 milhões de empreendedores eram optantes do MEI, uma expansão de 16% frente a 2016.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do TrabalhoSebrae e Portal do Empreendedor


 
Notícias Recentes
Artigo: A morte das abelhas e a extinção da humanidade! por Demerval Nogueira
Walcyr Carrasco elogia Erika Januza em “O outro lado do paraíso”: “Uma protagonista”
Deu ruim: Bombeiros ‘salvam’ jovem presa em algemas de fantasia
Riccieri esteve reunido com Municípios do CODEVALE em Nova Andradina para discutir ações conjuntas na área da saúde
Fla se movimenta para segurar Vinicius e só venderá Paquetá pela multa de R$ 211 milhões
Conta de luz: maio começa com bandeira tarifária mais cara
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet