Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
11 de Junho de 2018 às 10h50min
Gerente de segurança da Assembleia é executado a tiros em Campo Grande
O automóvel com vários marcas de tiros ficou atravessado na pista.
Campo Grande News

       Carro foi fuzilado na Avenida Guaicurus na manhã desta segunda-feira (Foto: Saul Schramm)

Foi identificado como Ilson Martins de Figueiredo, 62 anos, o homem executado a tiros de fuzil na manhã desta segunda-feira (11), na Avenida Guaicurus, no Jardim Moema, em Campo Grande. Ele ocupava o cargo de Gerente de Segurança e Polícia Legislativa da Assembleia há 4 anos.

A vítima seguia no veículo Kia Sportage, de cor branca, sentido bairro, quando foi atingida pelos disparos, perdeu o controle da direção e derrubou o muro de um comércio. Ilson morreu na hora. Ainda não há informação de quantos disparos o atingiu.

O automóvel com vários marcas de tiros ficou atravessado na pista. No local, foram encontrados carregador de fuzil 556 e um extensor de coronha (equipamento para diminuir o impacto do fuzil), além de calibres de uma arma ainda não identificada. Um revólver foi encontrado no carro do homem. O veículo está em nome de um funcionário da Assembleia Legislativa de Campo Grande. O trânsito foi interditado no trecho para trabalhos da Polícia Civil e Perícia Técnica.

Próximo dali, uma picape Fiat Toro vermelha foi incendiada na manhã desta segunda-feira (11) em uma estrada vicinal, que fica na região da BR-163, na saída para São Paulo. O veículo foi destruído pelo fogo. Ainda não há informação sobre o crime, porém a suspeita é de que os homens estejam envolvidos em um homicídio registrado nesta manhã na Avenida Guaicurus, no Jardim Moema.


 
Notícias Recentes
Militar Rodoviária apreende comboio com 9.500 pacotes de cigarro paraguaio
Fumaça causa engavetamento com 7 veículos na BR-262 na Capital
Durante calibragem, pneu de caminhão estoura e mata motorista
Criminoso em moto furtada rouba malote em frente a Pague Fácil
Homem tenta forjar suicídio da mulher, mas é preso em flagrante por feminicídio
Publicado decreto que reduz cota e combate pesca predatória em MS
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet