Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
27 de Julho de 2018 às 10h04min
Em 3ª passagem pelo Palmeiras, Felipão tem chance de redefinir como será lembrado

Gazeta Press

 

 
Técnico Felipão foi ironizado por torcedores no Allianz Parque em 2015 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
 
Esperado pelo Palmeiras na próxima semana, Luiz Felipe Scolari se prepara para sua terceira passagem. De volta ao clube em que já foi idolatrado e contestado pela torcida, o técnico de 69 anos terá a chance de redefinir como será lembrado no futuro.
 
Um dos principais treinadores da história do clube fundado em 1914, Felipão ocupa o segundo lugar na lista dos profissionais que mais comandaram o Palmeiras, atrás apenas de Oswaldo Brandão (585). Em duas passagens (1997-2000 e 2010-2012), ele acumulou 408 partidas.
 
Algoz do Palmeiras como técnico do Grêmio, Felipão foi contratado em 1997 com o objetivo de conduzir o time alviverde ao Mundial Interclubes. Além da sonhada Copa Libertadores 1999, ganhou a Copa do Brasil 1998, a Copa Mercosul 1998 e o Torneio Rio-São Paulo 2000.
 
Em sua primeira passagem, com um time aguerrido e talentoso, Felipão soube como inflamar a torcida e protagonizou resultados históricos. Entre outros feitos, o Palmeiras eliminou o Corinthians duas vezes seguidas na Copa Libertadores em 1999 e 2000 e virou um jogo heroico sobre o Flamengo na Copa do Brasil 1999.
 
Com status de ídolo em sua primeira passagem, Felipão fez a torcida alviverde sonhar ao retornar ao clube, em 2010. Apesar do elenco limitado tecnicamente, o técnico voltou a triunfar em um torneio eliminatório ao ganhar a Copa do Brasil 2012 de maneira improvável.
 
A segunda passagem do treinador pelo Palmeiras, turbulenta, não terminou bem. Após dirigir o clube em 24 rodadas do Campeonato Brasileiro, Felipão deixou o time que, sob o comando de Gilson Kleina, acabaria rebaixado à Série B pela segunda vez em sua história.
 
A última passagem arranhou o prestígio de Felipão com parte da torcida palmeirense, a ponto de ele ser ironizado no Allianz Parque durante a despedida de Alex, em 2015. “Não é mole não! O Felipão afundou a Seleção!”, gritaram alguns no dia em que o técnico visitou a moderna arena.
 
A partir da próxima semana, Luiz Felipe Scolari, herói na primeira passagem e questionado na segunda, terá a oportunidade de redefinir seu legado no clube alviverde. Copeiro, o gaúcho assume o Palmeiras nas quartas da Copa do Brasil e nas oitavas da Libertadores.

 


 
Notícias Recentes
Presidente do Cruzeiro dispara contra a arbitragem e Conmebol: “A vagabundagem é impressionante”
CBF sorteia mandos, e Corinthians faz segundo jogo da final da Copa do Brasil em casa
O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira mais uma convocação para a Seleção Brasileira visando amistosos preparatórios para a Copa América
Com participação de Glória de Dourados, Jogos da Melhor Idade reúnem mais de 400 atletas em Jardim
Adilson Batista desabafa sobre calendário: “É um reflexo do que estamos vendo. Só tem ladrão neste país”
Após derrota para o Ceará, Osmar Loss não é mais técnico do Corinthians
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet