Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
25 de Julho de 2018 às 08h41min
Baixa umidade relativa do ar exige cuidados especiais

Acácio Gomes, Redação Nova News

           Imagem: Reprodução / EBC

Há vários dias sem chuva, Mato Grosso do Sul enfrenta um período de baixa umidade relativa do ar, o que pode ocasionar desconforto e doenças respiratórias na população. Para evitar esses problemas é importante tomar alguns cuidados.

PUBLICIDADE


Segundo a superintendente geral de Vigilância em Saúde, Larissa Domingues Castilho de Arruda, a principal preocupação é com a hidratação. É preciso tomar muita água. “Também é aconselhável optar por esportes aquáticos, evitar o sol no período das 10h às 16h, comer frutas, verduras, comida saudável e tomar água de coco”, afirma.

Outras recomendações são:

• usar soro fisiológico nas narinas;

• colírio nos olhos;

• umidificar os ambientes – com aparelho umidificador ou panos e toalhas molhadas;

• evitar ar-condicionado;

• hidratar a pele.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade do ar ideal é acima de 60%. Abaixo de 30%, é considerado estado de atenção e entre 19% e 12%, alerta. (As informações são da Subcom).


 
Notícias Recentes
MPF investiga condições de 14 barragens no Estado
Veja o antes e depois da região onde se rompeu a barragem em Brumadinho
VÍDEO: Barragem da Vale se rompe em Minas Gerais; há feridos
Ivinhema está entre as 5 cidades mais quentes do Brasil
Tempestade deixa rastro de destruição em Costa Rica e Chapadão do Sul
Mais uma cidade de MS decreta situação de emergência devido aos estragos provocados por chuva
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet